Aqui você se encontra!

Finanças

garoto-cerebro

4 Sinais De Que Você Tem Inteligência Emocional - Parte II

  • 14 de nov de 2017
  • Sheila Almeida
  • 700 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

O simples fato é que se estivermos focados em nós mesmos, se estivermos preocupados - o que muitas vezes estamos durante o dia todo -, realmente não perceberemos totalmente o outro. Ser mais atencioso, em contraste com estar absorvido em seu mundo, planta as sementes da compaixão - um componente crucial da Inteligência Emocional.

crianca-raivosa

Raiva é resultado de desejos e expectativas frustradas

  • 09 de out de 2017
  • Sheila Almeida
  • 588 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Na hora da raiva, a sensação de angústia e mal-estar sempre supera a racionalidade, agimos por impulso, e depois nos arrependemos. Para evitar essa situação, aconselha-se paciência e ponderação: esperar a poeira baixar. Depois de certo tempo, digerimos melhor as coisas e não magoamos quem não tem culpa e, muitas vezes, evitamos que o problema se torne ainda maior por simples falta de jeito de lidar com a situação.

mulher-espelho

Autoimagem, Autoestima e Autoconceito

  • 22 de Ago de 2017
  • Sheila Almeida
  • 2373 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

A pessoa pode, através das suas escolhas, ir alimentando a autoestima. Quando toma decisões destrutivas para si, sem querer fortalece aquilo que mais a incomoda. No entanto, quando faz movimentos positivos, inverte essa situação. Funciona como um ciclo: quanto mais escolhas positivas faz, mais estima passa a ter por si mesmo, e quanto maior sua autoestima, mais positivas serão suas escolhas.

mulher-preocupada

10 questões sobre baixa autoestima

  • 15 de Ago de 2017
  • Sheila Almeida
  • 1019 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

A baixa autoestima é um sentimento de menos valia e que está sempre associada ao sentimento de insegurança. Quem sofre de baixa autoestima tende a interpretar fatos e sinais de uma maneira ruim e tem uma visão extremamente negativa de si mesmo o tempo todo.

mulher-abracando-coracao

Mas, o que é autoestima?

  • 04 de Ago de 2017
  • Sheila Almeida
  • 445 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Quando se fala em autoestima não se está falando apenas de um sentimento que se tem por si mesmo. Mais que isso, está-se falando de pensamentos e comportamentos que o indivíduo tem relacionado a si próprio.

cerebro-xray

5 habilidades essenciais para aumentar a Inteligência Emocional

  • 25 de Abr de 2017
  • Sheila Almeida
  • 773 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

A Inteligência Emocional (IE) é a capacidade de identificar, usar, entender e gerenciar as emoções de maneira positiva para aliviar o estresse, comunicar de forma eficaz, ser empático com os outros, superar desafios e resolver os conflitos. A Inteligência Emocional impacta muitos aspectos diferentes da nossa vida diária e em nosso processo de tomada de decisão.

garoto-cerebro

9 situações para usar a Inteligência Emocional a seu favor

  • 18 de Abr de 2017
  • Sheila Almeida
  • 617 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

A emoção é a base da decisão e da nossa reação ao futuro.  Ela tem capacidade de comandar as nossas reações diante de adversidades, conflitos, negociações e decisões importantes na vida e na carreira. Entender as emoções dos outros e ajustar a sua reação a elas é também domínio da gestão emocional.

borracha-cerebro

8 Ideias para potencializar a sua Inteligência Emocional no dia a dia

  • 11 de Abr de 2017
  • Sheila Almeida
  • 563 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Treine a sua Inteligência Emocional e descubra os seus benefícios no seu dia a dia, tanto para você como para os relacionamentos com as outras pessoas.Quando você tiver um problema com alguém, procure resolvê-lo da melhor forma possível, dialogando e expondo os seus pontos de vista.

dinheiro-mulher-feliz

Que Impulsos movem sua vida financeira?

  • 23 de Ago de 2016
  • Sheila Almeida
  • 766 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Quando existe divergência de opinião sobre como utilizar o dinheiro da família, seja entre o casal, ou destes com os filhos, geralmente a resolução do problema reflete a opinião do “mais forte”. Em alguns casos, o marido ou esposa tem a palavra final, pois é de seu trabalho que a casa se sustenta. Noutras vezes os pais cedem a todos os apelos dos filhos, ficando reféns de seus caprichos. A inviabilidade desse cenário ocorre porque um lado sempre sai perdendo, diminuindo a confiança na relação entre as partes. É preciso que na ocorrência de uma divergência financeira, a “parte mais forte” não sucumba ao desejo de fazer sua ...

nota-100-reais

Modelos de perfis econômicos

  • 16 de Ago de 2016
  • Sheila Almeida
  • 833 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Que educação financeira é importante para o adequado gerenciamento do próprio dinheiro e realização de sonhos, isso talvez seja inquestionável. Mas essa necessidade de lidar bem com as próprias finanças vem tomando maiores proporções a cada dia, seja pelo aumento da complexidade das demandas financeiras , seja pelo futuro cada vez mais incerto de nossa economia. Como exemplo temos o indivíduo confuso entre o amor e o dinheiro, o qual é sempre generoso e sempre tem dinheiro, preocupando-se com entes queridos que estejam sem dinheiro. Sabe que sentirá culpa por ficar, ele próprio, sem dinheiro, porém, quando dá, arrepende-se ...

mulher-dinheiro

O Dinheiro e nossas emoções

  • 09 de Ago de 2016
  • Sheila Almeida
  • 697 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Controlar nossas emoções financeiras é termos um propósito extremamente bem definido com dinheiro. Saber o motivo exato pelo qual trabalhamos, investimos e consumimos. Quando não temos esse controle, nós passamos a consumir desenfreadamente, a sumir com o dinheiro e incrivelmente nos tornamos escravos dele. Se não comandarmos o dinheiro através de um propósito, ele passa a nos comandar. Muitos perguntam se a energia do dinheiro é positiva ou negativa. O dinheiro por si só é um instrumento de interação na sociedade. Podemos fazer um paralelo entre a energia do dinheiro e a energia das palavras, que ...

calculadora

6 Sinais de que sua Relação com o Dinheiro não é Saudável

  • 02 de Ago de 2016
  • Sheila Almeida
  • 635 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Adiar ou desistir de projetos pessoais apenas para ganhar mais dinheiro, acreditando que o aumento do patrimônio será suficiente para trazer realizações, é um erro. O dinheiro deve ser visto apenas como uma ferramenta, e não como objetivo. O dinheiro não deve ser sinônimo de sucesso e, a falta de dinheiro, de infelicidade, porque ele não consegue, por exemplo, comprar equilíbrio para tomar decisões acertadas. O importante é se sentir confortável com relação ao tema e se preparar para ouvir críticas e mudar formas de administrar o dinheiro.

astrologia

Autoconhecimento, um mergulho interior

  • 19 de Abr de 2016
  • Sheila Almeida
  • 656 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

28/03/2016 O autoconhecimento, segundo a psicologia, significa o conhecimento de um indivíduo sobre si mesmo. A prática de se conhecer melhor faz com que uma pessoa tenha maior entendimento sobre suas emoções, independente de serem positivas ou distorcidas. Assim que você se entender, assim que souber o porquê de agir e reagir da forma que faz hoje, você poderá ter ferramentas para viver da forma que perceber mais produtiva. O autoconhecimento pode oferecer a oportunidade para saber quais seus conteúdos mentais mais significativos, quando entraram em sua mente e como fazer para melhorá-los.

mente

A Importância do Autoconhecimento

  • 30 de Mar de 2016
  • Sheila Almeida
  • 675 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Podemos perceber que a autoestima está baixa quando desenvolvemos algumas características como: insegurança, inadequação, perfeccionismo, dúvidas, incertezas, de não ser capaz, de não conseguir realizar nada, de errar, e necessidade de agradar, ser aprovado, reconhecido pelo que faz e nem sempre pelo que é. Se você identificou algumas dessas características, pode ser que esteja precisando aumentar seu autoconhecimento para assim elevar sua autoestima. A maioria das pessoas com baixa estima sente mais facilidade em identificar as suas qualidades distorcidas.

mulheres-negras

Como ser uma Mulher Poderosa

A mulher poderosa lida bem com suas certezas.  Mas, às vezes, pode ser mais produtiva aceitar que simplesmente não vai fazer tudo. Aprender a abrir mão de certas metas, responsabilidades e tarefas pode ser difícil, mas libertador.   A mulher bem-sucedida reconhece aqueles que estão ao seu lado todos os dias – tanto em sua vida pessoal, quanto profissional. E que cordialidade não só torna melhores as pessoas, como promove a lealdade daquelas que a cercam.

mulher-ruendo-unhas

Tempos de Crise, Ansiedade, Medo e Depressão

  • 07 de Jul de 2015
  • Sheila Almeida
  • 741 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Em momentos de crise todos precisam aumentar a resiliência e reorientar o foco. Não devem só focar no lado sombrio, mas encontrar novas maneiras de analisar a situação. O que se pode fazer? A pessoa pode mapear o que tem de melhor e começar uma nova fase. Um momento terrível pode ser um momento de libertação. Todos deveriam entender que numa crise precisam sempre ter duas listas, a do que não podem fazer e a do que devem fazer.

homem-secando-cabelo

O papel do homem na família atual

  • 18 de Mai de 2015
  • Sheila Almeida
  • 1289 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

O homem acaba tendo uma “crise existencial”, deve não apenas dar suporte emocional e econômico à família, mas também respeitar a individualidade de sua companheira, demonstrar envolvimento na criação e educação dos filhos e participar, nos deveres do lar. Seja na família ou em um grupo social, o homem ainda é visto como um líder. Ao mesmo tempo, ele não é só mais o membro principal da família, aquele que trabalha para sustentar a casa, mas também aquele que divide tudo: trabalho, educação, afazeres domésticos.

homem-trabalho-faxina

A identidade da mulher e do homem na sociedade atual

  • 04 de Mai de 2015
  • Sheila Almeida
  • 1699 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Era o homem quem decidia com quem iria se casar, quantos filhos  teria, onde a família iria morar e tantas outras decisões estabelecidas ao homem, pelas tradições culturais da sociedade.   Ele era o "cabeça" do casal, o "chefe" da família, o "mantenedor" das necessidades dos filhos e da mulher, tendo sob sua responsabilidade, a manutenção de um abrigo, dando proteção e alimento. Tudo era decidido pelo homem e para o homem.

Como foi o Workshop Gratuito “Como equilibrar dinheiro e relacionamento?” no sábado passado, dia 25 de Maio?

  • 29 de Mai de 2013
  • Sheila Almeida
  • 787 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Encerramos no último sábado, dia 25 de maio, o ciclo de Workshops Gratuitos cujo tema central era o DINHEIRO, em alguns dos seus aspectos. A Religare realiza eventos gratuitos, desde a sua criação em 1988, com o objetivo de oportunizar à pessoas da Comunidade, que não têm acesso a tais serviços, um espaço de  autoconhecimento e expansão da consciência, um lugar apropriado para compartilhar problemas e preocupações sobre um tema, sempre do interesse geral.  Houve um fato interessante: só haviam mulheres presentes!... Cerca de oito homens se inscreveram, mas não se fizeram presentes... Será ...

Como equilibrar dinheiro e relacionamento

  • 16 de Mai de 2013
  • Sheila Almeida
  • 1021 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Algumas dicas para que o dinheiro não vire tabu ou até comprometa os relacionamentos: Os parceiros precisam conversar sobre dinheiro. E se perguntar o que cada um valoriza na vida em relação ao dinheiro. Se perguntar como cada um gasta, do jeito que gasta, no que gasta. Isso já começa a ser feito no namoro. Se perguntar se está boa a maneira como o casal administra o dinheiro. Se um fica com tudo, outro com nada, se há a necessidade de conta conjunta. Precisam se perguntar “Estamos indo bem assim?”. O importante é questionar. O regime de bens.Como cada um precisa perceber que o comportamento com relação ao dinheiro ...

Personalidade Financeira X Educação Financeira

  • 01 de Abr de 2013
  • Sheila Almeida
  • 9269 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

A Personalidade Financeira é entendida como o conjunto de comportamentos duradouros que dizem respeito a como a pessoa lida com dinheiro e valores relacionados. A questão é: como se estrutura a personalidade financeira? A personalidade financeira é gerada pelo aprendizado do indivíduo ao longo das fases de sua vida e autores defendem que há cinco componentes fundamentais que estruturam a forma como uma pessoa lida com dinheiro. 1) Racionalidade de Gastos : o indivíduogasta racionalmente, ou é dado a surtos de consumo? É muito gastador ou muito poupador? Este critério remete ao nível de ...

Como você lida com dinheiro na sua vida?

  • 28 de Fev de 2013
  • Sheila Almeida
  • 914 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

O planejamento financeiro é uma etapa importante na vida dos seres humanos. Saber organizar gastos requer amadurecimento, equilíbrio e planejamento. O assunto dinheiro ainda é uma pauta evitada pela maioria dos indivíduos, afinal não é nada simples atribuir preço. O dinheiro vem sempre carregado de significados, sinônimo de status, poder, riqueza, ele tem voz, e sempre consegue transmitir sua mensagem. Associado a conquistas seu poderio tem destaque nas sociedades capitalistas, o sujeito possuidor é visto como aquele dotado de bonança, conforto, prestígio, domínio. Contudo seu maior simbolismo ainda vem da maneira como seu ...

O que é Terapia?

  • 29 de Set de 2011
  • Sheila Almeida
  • 1047 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

A procura por um processo psicoterapêutico pode ter como fator motivador desde uma busca pelo autoconhecimento à necessidade constatada de uma ajuda profissional para lidar com questões conflituosas, de ordem emocional, comportamental e/ou psiquiátrica, que estejam comprometendo funcionalmente a pessoa (trabalho, escola, finanças, amigos, família, etc.). O tratamento pode ser individual, em grupo, casal ou familiar, de acordo com a avaliação diagnóstica e o projeto terapêutico a ser definido pelo psicoterapeuta responsável. A psicoterapia visa, além de tratar os variados sintomas de características ansiosas e/ou ...

Aprendendo a Conviver com o Dinheiro

  • 12 de nov de 2010
  • Sheila Almeida
  • 899 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Workshop Gratuito 27 de Novembro de 2010, sábado Aprendendo a Conviver com o Dinheiro   “Até que se tenha recebido, beija-se a mão de quem empresta; com voz humilde fazem-se promessas; mas, chegando o tempo de restituir, pedem-se prazos; só se tem palavras pesarosas e queixas; e toma-se como pretexto a dificuldade da época” – Livro do Eclesiástico 29-5 e 6 Artigo Dra. Sheila Almeida Estima-se que, no final deste ano mais de 90% das famílias brasileiras estarão convivendo com o orçamento apertado e dificuldades para saldar suas contas. Isso justifica o surgimento, no Brasil, da cultura do endividamento. Os especialistas relacionam ...

Medo do Fracasso Financeiro

  • 12 de Jan de 2007
  • Sheila Almeida
  • 774 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Medo do Fracasso Financeiro Que é o medo ? Seja sincero: você tem medo. Medos ocasionais ou constantes, relativos a situações concretas ou abstratas, de perigos conhecidos ou vagos, não importa. Sentir medo faz parte da experiência humana desde tempos imemoriais e surge na experiência individual muito cedo, logo após o nascimento. Estudiosos e pesquisadores de várias áreas tentam, há muito tempo, compreender o medo. Sabe-se que é uma emoção primária, de função adaptativa, que foi desenvolvida para assegurar a sobrevivência dos indivíduos e da espécie.Ter medo é, portanto, não só normal como necessário. Sem o medo do fogo não ...