Aqui você se encontra!

Como Tratar A Insegurança

  • 15 de nov de 2016
  • Sheila Almeida
  • 418 Visualizações
  • Seja o primeiro a comentar

Se se sente inseguro de si próprio, se lhe custa tomar decisões, se tem medo da crítica, se não se sente seguro da sua forma de atuar, e se tudo isto lhe afeta, pode mudá-lo, apenas depende de si. A falta de confiança é um sentimento negativo que nos impede de desfrutar da vida e gera sentimentos de desconforto e medo. Ao não podermos expressar as nossas próprias opiniões, desejos e emoções, promovemos situações e sensações negativas que nos afetam. Se quer mudar, se quer sentir-se seguro, se quer ter confiança em si mesmo, existem certas recomendações de como tratar a insegurança.

1. Descubra quais são os verdadeiros motivos da sua insegurança. Também em que momento começou a sentir-se inseguro e perante que situações. Pense na forma que gostaria que essas situações se solucionassem e o que tem de fazer para que isso se desenvolva como quer. O mais provável é que não faça nada para que tudo pudesse sair como pensava. Geralmente, há uma diferença entre o que fazemos e o queremos. Para poder vencer a insegurança temos que pensar que é o que queríamos e porque reagimos de outra forma. Que medo temos?

2. Pensar positivamente irá ajudar a reduzir a insegurança. Precisa buscar eliminar os pensamentos negativos sobre as críticas ou medos. Necessita convencer a si mesmo de que tudo vai sair bem e que a sua decisão é a melhor e a mais adequada. Todos cometemos erros, mas é normal, o importante é aprender com esses erros e não ter medo. Nesses momentos, lembre-se que é o melhor que faz.

3, Trata de trabalhar a sua autoestima. Pense em todos os aspetos positivos da sua vida, em todos os seus projetos, em todos os afetos, tudo o que conseguiu ter. Trate de alimentar as coisas positivas e trabalhar as coisas negativas, aprenda da experiência e trate de procurar uma atitude ativa de superação pessoal. Melhorando a sua autoestima melhorará todos os outros aspetos da sua vida.

4. Comunicação assertiva. Trate de trabalhar na incorporação e desenvolvimento de uma comunicação assertiva. Apenas desta forma irá sentir-se seguro e controlará a situação. Uma boa comunicação é a chave para começar a mudar.

5. Pense nas suas qualidades. Cada vez que se sentir inseguro, pense em todas as suas qualidades, em todas as coisas que pode fazer e que pode mudar. Não tenha medo de decidi-las. A segurança e confiança são a chave do êxito e do crescimento.

6. Não tenha medo de dizer o que pensa. Muitas vezes as suas ideias podem ser benéficas e gerar uma mudança positiva. Se errar, não se sinta mal por isso, continue tentando. Mas primeiro deverá convencer-se a si próprio antes de conseguir convencer alguém mais.

7. Pedir ajuda profissional. Se depois de todo o esforço pessoal você sentir que não houve mudanças, é recomendável visitar um profissional, iniciando um processo terapêutico.

Lembre-se que a insegurança é um estado emocional que surge na sequência de uma situação que é percebida como alarmante ou ameaçadora. Se a pessoa que é confrontada com esse estímulo considerar que os seus recursos ou as suas competências não são suficientes para gerir e/ou ultrapassar a situação, é esperado que se sinta insegura.

Deixe um comentário